Compartilhe
Interatividade
Ata 7ª S/2017

05 de Junho de 2017

ATA (7ª) SETIMA SESSÃO ORDINÁRIA DO (1º) PRIMEIRO PERIODO LEGISLATIVO EM (05)
CINCO DE JUNHO DE (2017) DOIS MIL E DEZESSETE, SEGUNDA-FEIRA COM INICIO ÁS (9:00)
NOVE HORAS DA MANHÃ NO PLENARIO NELSO PEREIRA MARTINS (NELSON MARIANO), NA
CÂMARA MUNICIPAL DE HIDROÂNDIA, SOB A PRESIDENCIA DO VEREADOR SENHOR
TADEU RODRIGUES MARTINS, COM PRESENÇA DOS VEREADORES: ANTONIO GEONILTON
PEREIRA DE SOUSA, ANTONIO SAMUEL MARTINS PERES, FRANCISCO IRANILDO DE
OLIVEIRA TELES, FRANCISCO MARTINS DE OLIVEIRA,JAILSON PAULINO TIMBÓ, JOÃO
VICTOR FARIAS MORORÓ, JOSÉ PEREIRA LIMA, PEDRO PERES DE SOUSA, SEBASTIÃO
BEZERRA DE SOUSA, VICENTE NETO MARTINS FARIAS. HAVENDO NUMERO LEGAL EM
NOME DE DEUS O SENHOR PRESIDENTE DECLAROU ABERTA A SESSÃO SAUDANDO A
TODOS. AUTORIZOU A SECRETARIA A LER A ATA DA SESSÃO ANTERIOR, COLOCOU-A EM
VOTAÇÃO, E A MESMA FOI APROVADA POR TODOS OS VEREADORES QUE
O vereador Geonilton perguntou ao secretario de infraestrutura se teria como aprofundar o chafariz do bairro
Nova Hidrolândia, o vereador José Lima aproveitou para requisitar a ampliação da parede do Basílio e tapar
os buracos, cobrou ao líder da prefeita os tambores de coleta de lixo para sua localidade, o Vereador
Francisco de Oliveira perguntou ao secretario se havia a possibilidade de contratar mais uma maquina para
ajudar na reconstrução das estradas, o vereador Iranildo Teles cobrou a limpeza dada nas ruas para ser feita
nos Distritos também, o secretario Nivaldo terminou agradecendo a todos e disse que sempre estará a
disposição para qualquer esclarecimento. O presidente facultou a palavra ao vereador Iranildo Teles, iniciou
falando sobre o dia do meio ambiente que estava sendo comemorado naquele mesmo dia, comentou sobre os
projetos que iria apresentar de sua autoria com os temas, projeto que institui a semana da agricultura familiar
no município de Hidrolândia, pediu para que os colegas pegassem uma copia do projeto para analisarem e
apoiarem, falou também que junto com a administração poderia ser combinado direito com poderia ser feito
eventos para a semana do agricultor, o presidente comentou que acha essa iniciativa muito boa, pois além de
ajudar os agricultores a ter uma renda diferenciada, também contribuiria para a maior circulação de dinheiro
no município, o segundo projeto fala sobre a licença paternidade, passando o servidor publico a ter direito há
vinte dias, e por fim o terceiro projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade da publicação mensal no portal da
transparecia relativa ao numero de servidores e as despesas da administração direta e indireta do poder
executivo e legislativo, pede a todos os colegas que analisem bem os projetos, e agradece a todos pela
atenção. Em seguida foi concedida a palavra ao vereador João Victor, que parabenizou e agradeceu a gestora
pelas emendas de ordem de serviço que o governador Camilo Santana disponibilizou para o município, que
são a construção de uma quadra poliesportiva, câmaras de segurança para a cidade, a reforma do Estádio e a
compra de duas ambulâncias, o deputado Jeová Mota e o ministro da fazenda Mauro filho pela liberação de
uma verba para construção de passagem molhada para alguns interiores, ressaltou ainda que em conversa
com a prefeita cobrou guardas municipais para locar no hospital municipal. A palavra foi concedida ao
vereador Pedro Peres, após saudar a todos, pediu ao presidente que ao convocar secretários para prestar
esclarecimentos que chame um por sessão, pois assim ficaria mais curta. Elogiou a administração na área da
saúde por sua preocupação por manter médicos no hospital e PSF e remédios nas farmácias populares, sobre
a iluminação publica demonstrou insatisfação pelo taxa alta cobrada a população, comentou que iria fazer
uma reunião com a prefeita para falar sobre essa taxa, o vereador Iranildo falou para convocar o
representante da empresa que ganhou para cuidar da iluminação publica, para esclarecer o papel de sua
empresa e da Enel no municio, os vereadores em comum acordo consideram extremamente importante a
revisão da taxa de iluminação publica, retomando a palavra o vereador Pedro Peres falou sobre reativar a
bandinha de musica, justificando que resgataria os bons tempos de Hidrolândia, que a banda sempre
abrilhantava os festejos culturais de nosso município e finalizou sua palavra desejando um bom dia a todos.
o vereador Francisco de Oliveira pediu visto no projeto do vereador Pedro Peres. A palavra foi concedida ao
vereador Sebastião Bezerra que iniciou agradecendo o diretor do hospital, o medico Erivaldo Mororó pela

presença no plenário, falou que quando viesse algum convidado para a sessão, que o mesmo permanece ate
o final, perguntou ao vereador Iranildo se o projeto de sua autoria sobre o programa familiar destinada aos
agricultores do município, teria que passar por licitação ou somente com o projeto já bastaria o vereador
Iranildo respondeu que não precisa de licitação e individual por agricultor, pois cada um tinha um valor
fixado para vender para o município, fazendo assim um contrato direto com o munícipio, sendo prioridade
os agricultores locais. O vereador ressaltou sobre os benefícios que o município conseguiu através do
deputado Jeová Mota e governador Camilo Santana, que ficarão marcados para gerações futuras, ressaltando
ainda que obras que encontravam-se paradas irão ser retomadas, e sente satisfação em ver o município
prosperar. Sobre a iluminação publica, o vereador disse que o município não pode arcar sozinho as despesas
relativas à taxa, e por isso que cobra da comunidade. Finalizou pedindo para a empresa que ganhou a
licitação de iluminação publica mande um representante para esclarecimentos. Foi concedida a palavra ao
vereador Vicente Neto, que começou agradecendo ao secretario Nivaldo por ter atendido ao pedido de vir na
sessão e suas reinvindicações, sobre o matadouro publico continuou cobrando sua reforma e que em
conversa com alguns marchantes lhe repassaram que mesmo não estando ativo, estão pagando pelo
abatimento dos animais mesmo sem a inspeção de um veterinário pediu para que a administração reveja esta
situação, comentou ainda que não concordava com algumas afirmações do secretario de saúde Iris Mororó
em relação a gestão anterior, questionando o porque o secretario não realizou tais denunciais quando ainda
exercia tal cargo, frisou que devido as denuncias que faz em nome da população esta vendo resultado,
ficando assim satisfeito com os resultados, continuou cobrando os agentes de saúde que ainda esta faltando
em alguns bairros pediu ainda em nome dos enfermeiros que a gestão reveja o reajuste de seus salaraios, e
finalizou dizendo que sempre estará fazendo as cobranças que acha pertinente, finalizou agradecendo pela
atenção e pediu desculpa aos colegas por qualquer coisa. O presidente Tadeu, disseque há meses atrás
participou de em uma reunião com a prefeita, que alegou dizendo que só poderia fazer a reforma quando
tivesse o recurso suficiente para realização da reforma, então teve que fazer um novo projeto que agora esta
sendo licitado, . O senhor presidente repassou que esteve em reunião com a prefeita e alguns colegas
vereadores para discutir o projeto do matadouro publico, que teria que ser feito um novo projeto pelo
engenheiro, e que apenas iniciaria a reforma quando o município tivesse plenas condições de iniciar e
terminar a obra. Em seguida colocou o Projeto de Lei em votação, Projeto de Lei Nº 05/2017 que foi
aprovado pelos vereadores presentes, Projeto de Lei Nº 02/2017 ficou em apreciação. Finalizou a sessão
agradecendo a presença de todos e comunicando que a próxima sessão será dia 19 de junho de 2017 a partir
das 9 horas da manhã, no plenário Nelson Pereira Martins (Nelson Mariano), em 05 de junho de 2017.



Últimas Notícias